terça-feira, 7 de maio de 2013

Camacha, terra de flores

A Camacha, além de "Capital da Cultura", é também terra de flores, um dos epítetos que lhe grangeou muitos visitantes.

Estamos na Primavera e o tempo convida a passeios a pé, pelas levadas e caminhos da nossa Vila, de máquina na mão, em busca de tesouros naturais, que ainda temos e que urge preservar e ampliar.

Os incêndios dos ultimos anos e o abandono de alguns terrenos deixa marcas na paisagem, o que é notório mas não uma fatalidade!

Tenho encontrado bons exemplos de espaços floridos, uns mais "selvagens" e outros pela mão humana, mas exemplos do que se pode fazer ainda mais pela beleza natural da Camacha.

Projetos como as hortas familiares são iniciativas positivas e contribuem a diversos niveis e espero que brevemente sejam implementados outros, direcionados para os terrenos à beira das principais vias, dando uma cada vez melhor imagem da Camacha a quem nos visita, mas principalmente a nós próprios, Camacheiros!

A Casa do Povo terá aqui uma importante intervenção, estando a"na forja" várias ações com este intuito, aproveitando, sempre que possivel, espaços abandonados e a merecerem intervençao.

Infelizmente é complexo intervir em terrenos baldios, dada a questão de propriedade dos mesmos, mas podemos sempre fazê-lo nos nossos próprios espaços, com vantagens para a beleza do espaço que nos circunda.

Não sou especialista de botânica, mas tenho para mim que, se limparmos os terrenos, libertando-os de infestantes como a carqueja, trepadeiras e outras ervas, as flores e as árvores de fruto ganham pujança e retomam o explendor que merecem.

A Camacha, terra de flores, está ao nosso alcance, se todos fizermos um pouco :)

Enviar um comentário