quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Natal da Camacha

Eis-nos em mais uma época Festiva de grande significado tradicional na Vila da Camacha. O Natal é vivido por nós de forma peculiarmente diferente, misturando-se tradição e inovação de forma cada vez mais acertada.

Nos últimos anos, a iluminação de Natal tem recebido um significativo investimento em quantidade e qualidade, emprestando um brilho cativante ao nosso Centro, mas não só.

Os dois presépios em exposição na Casa do Povo, um de escadinha e outro mais tradicional, são cativantes e apresentam um nível de trabalho artístico ímpar, a par do cuidado com pormenores indígenos e tradicionais da Madeira.

Mas este ano, visitar a Camacha tem algo mais. Este ano, a Casa do Povo está a dinamizar actividades numa Tenda montada no Largo da achada, pela Câmara Municipal, contando com o apoio da Junta de Freguesia. Esta referência tem de ser feita, independentemente da conotação que lhe queiram dar, pois são estas instituições que, uma vez mais, trabalham e actuam de facto em prol de diversificar, ampliar e emprestar qualidade às ofertas da Vila que se quer cada vez mais "Capital da Cultura Tradicional Madeirense".

A "Tenda Natal da Camacha" permite que se realizem diversos espectáculos e que se melhorem as condições de conforto do público, ou seja, dentro de uma tenda, abrigados da chuva e sereno, com aquecimento incluído e usufruir de três barracas de "comes-e-bebes" com tudo o que é tradicional da época na Camacha.

Mais, a decoração (insistentemente retocada, após alguns estragos feitos pelo vento) empresta um brilho especial e ambiência festiva fantástica, graças à visão artística da Prof. Elsa.

Quanto a espectáculos, o melhor é consultar o site da Casa do Povo, mas destaco a inovação deste próximo sábado, a "Noite Branca" (o nome poderá sofrer alterações em edições futuras), que consiste na actuação de diversos grupos da Camacha, mas com programa de Natal, ao que se acrescenta o DJ Tiago Barreto, um jovem Camacheiro com um estilo musical "Racola da Achada" muito agradável, até as 6h00. Depois continua a tradição, com a Missa do Parto e o Quebra-jejum.

Claro que a Noite de Natal é a "cabeça de cartaz", começando com o concerto da Banda de São Lourenço e indo noite fora com os Pastores e grupos espontâneos de populares que cantam, bailam e despicam sem parar.

Destaque, também, para dia 28, o "Dia da Fundação da Paróquia da Camacha", celebrado com o "Auto de Natal".

Não perca, venha à Camacha neste Natal!
Enviar um comentário